Nosso Blog

Construindo seu próprio aquário – parte I

ESCOLHENDO E PREPARANDO O VIDRO

1 – Qual será o tamanho do seu aquário?

Se você tiver apenas alguns peixes, não precisará de uma peça grande. Caso queira construir uma piscina enorme, o cenário será outro. Você está fazendo o aquário, você decide o tamanho. A água é um líquido muito pesado – cerca de 4,5 Kg para cada 3,8 litros. Um exemplo simples: Uma aquário com  largura = 30 cm, altura = 40 cm e comprimento = 60 cm vai, quando totalmente cheio, comportar 72 litros de água o que equivale a  84 kg. Naturalmente o aquário não vai ter água até a boca, apenas estamos fornecendo um exemplo para que você possa entender a relação quantidade de água e o peso. Claro que você pode querer uma opção menor para manter tudo mais portátil.

2 – Use vidro recozido

Esse tipo de vidro é mais rígido do que vidros comuns. Lembre-se, você está trabalhando com vidro, então ele pode quebrar. A vantagem do vidro recozido é a sua resistência elevada que o torna uma boa escolha para aquários. Os vidros temperados não são resistentes o bastante. O vidro laminado e afins, assim como o policarbonato, são boas escolhas para seu aquário. Ao comprar o vidro, peça que o vendedor lixe as pontas do material para evitar que ele lhe corte.

3 – Qual será a espessura do vidro?

Vamos apresentar abaixo algumas diretrizes gerais para que você possa escolher a espessura do vidro para seu aquário.
Altura do aquário/espessura do vidro:

2,5 a 30,5 cm / 0,6 cm
30,5 a 45,7 cm / 0,9 cm
45,7 a 61 cm / 1,3 cm
61 a 76,2 cm / 1,9 cm

4 – Equipamentos que você vai usar

Selante de silicone 100%. Muitas pessoas dizem que o “selante de silicone para aquários” é a única opção possível. Embora seja caro, esse produto é a melhor escolha – em parte, porque não possui produtos químicos encontrados em outros selantes que podem ser tóxicos os peixes. Silicones domésticos comuns também são alternativas. Também é preciso considerar o tamanho do silicone – ele deve ser encaixado na pistola de calafetagem.
Fita adesiva
Pistola de calafetagem
Alguns objetos pesados para suportarem o vidro

5 – Como fazer

Agora que nós já temos os vidros, vamos começar a montagem do aquário. Escolha uma área plana e suficientemente grande para iniciar o trabalho.Coloque a base na superfície e, em torno dela, as partes dianteira, traseira e laterais. Como os vidros serão colocados em cima da base, as laterais devem ter uma largura menor para ficarem encaixadas entre a frente e a traseira do aquário. A frente e a traseira serão instaladas em primeiro lugar.

Se a espessura dos vidros for, por exemplo, 0,6 cm, a largura das laterais devem ter o valor subtraído de 1,2 cm. Isso compensa a espessura dos vidros dianteiro e traseiro permitindo um encaixe perfeito.

6 – Prepare o vidro

Primeiro, passe acetona ou álcool propílico nas laterais do material. Todos os vidros deverão estar limpos.

Na base: Agora você vai colocar fita adesiva nas laterais da base. A ideia é deixar a fita adesiva colada com 1 mm a mais que a espessura do vidro. No final você vai ter formado um quadrilátero de fita adesiva na base do vidro.

Nas 4 Laterais: Você vai colocar a fita formando um “U”, deixando no lado direito e esquerdo uma distância com 1 mm a mais que a espessura do vidro. Na parte de baixo a fita encosta na borda do vidro, sem deixar espaço.

Se você está gostando de nossas postagens, conte para seus amigos (as) e curta nossa FanPage.

Espero você aqui na semana que vem!

 

admlakigConstruindo seu próprio aquário – parte I

Related Posts